Atletas de 16 equipes proporcionaram espetáculo ao público em cada jogo disputado

 

O domingo (19) foi festivo na sede social do Sindicato dos Vigilantes do Estado de Rondônia (Sintesv-RO), localizado no Bairro Teixeirão na Zona Norte de Porto Velho. Após três meses de competição a equipe HR-A conquistou o título da 2ª Copa dos Vigilantes ao empatar no tempo normal com a da FBX em 3 x 3, mas venceu na cobrança de pênaltis por 3 x 1. Ambas foram premiadas com R$ 5 mil reais e R$ 2,5 mil reais, respectivamente. Atletas de 16 equipes proporcionaram espetáculo ao público em cada jogo disputado, inclusive demonstrando regularidade e disciplina.  

 

O plantel da equipe FBX estava defendendo o título e buscava o bicampeonato, mas a HR-A comandada por André Merenda não tremeu e foi para cima ao abrir o marcador com o atleta Carrerinha. Em resposta Leozinho empatou a partida e na sequência virou o placar para alegria da torcida organizada que vibrava muito na lateral do campo, mas antes do apito encerrando a primeira fase da disputa Maycom deixou tudo igual e deixou a disputa em aberto.             

 

 

Na volta do intervalo a estrela de Maycom brilhou novamente ao por a equipe do HR na frente do marcador na busca do título inédito, mas sofreu uma baixa com a expulsão do atleta Marcelo ao entrar forte em Cobrinha da FBX. Com a desvantagem de um jogador a menos foi pressionada pela adversária, logo cedeu o empate na cobrança de falta pelo lado direito do setor de ataque convertida em gol por Jacaré e a decisão foi para as penalidades máximas.

 

Os atletas Gui, Carrerinha e Merenda foram felizes nas cobranças de pênaltis em favor da HR-A. Já Cristiano desperdiçou a cobrança, Bioca converteu e Jacaré não chegou a bater para a FBX porque a vitória já estava sacramentada. O autor de dois gols durante o duelo entre as duas equipes pela conquista do título, Maycom abriu o coração ao dizer: “tive essa honra de fazer dois gols e ser campeão invicto, estávamos focado desde o início desse campeonato e muitos falavam que não íamos chegar à final, mas futebol é jogado e fomos campeões”.

 

O Diretor de Esporte do Sintesv, Jaílton Holanda também destacou o confronto pela disputa do terceiro lugar da competição em que a equipe da Columbia foi premiada com o valor de R$ 1.000,00 ao vencer a da Vip por 5 x 3. Maurício três vezes, Rogério e Jonathan converteram para a vencedora, enquanto Lucileudo marcou três vezes para a 4ª colocada. Em relação aos prêmios individuais, Maurício da Columbia foi o artilheiro com 19 gols e recebeu o premio de R$ 200,00. Já os goleiros Anderson e Jonathan dividiram o prêmio de R$ 150,00 por serem os menos vazados. “Me surpreendeu por ter participado dezesseis (16) equipes e as novas empresas que entraram e não desistiram foi fundamental pra dar certo aonde não teve nem um WO, quando tem prejudica o trabalho, a Invisegue foi a equipe que foi agraciada por melhor disciplina mesmo perdendo de 15 e de 18 veio ate o último jogo e ganhou troféu”.

 

 

Para o presidente do Sintesv, Paulo Tico o objetivo da iniciativa é o de buscar a integração e a amizade dos trabalhadores na área da segurança privada porque correm atrás dos direito dos trabalhadores, mas é também é preciso se preocupar com a parte social. Entende que o Clube ainda não está 100% concluído, mas é uma realidade que pretende melhorar a cada ano para que sediem as competições e melhorando a premiação. “Nós fazemos o acompanhamento em outros estados e são poucos os que fazem esta competição, aonde entregamos R$ 9 mil reais em premiação e troféu. A minha intensão é fazer uma competição regionalizada porque por mais que as empresas sejam de nível regional, os jogadores são aqui de Porto Velho, mas a nossa intensão é fazer um campeonato envolvendo todo os municípios do estado de Rondônia” conclui.

 

 

 

 

 

Autor: RONDONIANOAR